Hästens, a melhor cama do mundo

Para se dormir bem, uma noite descansada, o ambiente em que se dorme é muito importante. E dentro desse ambiente, a cama é o mais importante.

A cama é mesmo objecto mais importante na vida de uma pessoa, pois é lá que se passa a maior parte do tempo e um tempo que tem de ser da maior qualidade, pois influencia tudo o resto.

As camas não são todas iguais. São aliás todas muito diferentes.

Hästens Adjustable

Hoje falamos de uma marca, a Hästens, umas camas feitas na Suécia – norte da Europa – e que são consideradas as melhores camas do mundo. São feitas exclusivamente de materiais naturais e, dentro dos materiais naturais, os melhores do mundo.

Porque os materiais naturais também não são todos iguais. Há os verdadeiramente puros e aqueles que sofreram grande processamento industrial.

Com estes materiais, consegue-se ter o ambiente mais natural e mais saudável para dormir.

Depois, as molas das camas Hästens são ensacadas individualmente, o que significa que é como se não fosse apenas uma cama, um colchão, mas dezenas ou mesmo centenas de eles. Só trabalha cada mola que sofre pressão e não todo o conjunto.

Com este sistema, é possível ter uma cama extraordinariamente confortável, que se adapta ao corpo, apoiando todas as zonas. Quem dorme do lado, por exemplo, a região dos ombros e das ancas cedem, mas toda a zona lombar está apoiada, mantendo a coluna direita.

Hästens

Para além disso, com este sistema, quando há movimento de um dos lados da cama, a pessoa ao lado não é incomodada, porque não há movimento do seu lado.

São muitas as características que tornam as camas Hästens as melhores do mundo, a melhor cama que se pode ter.

Ter uma cama deste nível é fundamental. É durante a noite que o organismo desenvolve processos de grande importância para a saúde, como a regeneração celular, o relaxamento muscular, entre outros.

Saiba mais em http://rroudes.com

Não é só pedir, a felicidade também se busca

Pode pedir-se a felicidade, pode desejar-se a felicidade, mas também tem se buscar. Tem de se fazer por ser feliz.

Não está todo em nossas mãos, mas uma parte está e se não fizermos nada por nós, todas as ajudar não serão suficientes. Ficará sempre faltando a nossa parte.

Muitas vezes é essa nossa parte que está faltando, mas culpamos outros porque não vemos que somos nós que não estamos fazendo nossa parte.

Salvar a Amazônia começa em nossas casas!

Estamos assistindo impotentes aos incêndios que devastam a Amazônia. Sentimos que não podemos fazer nada para ajudar, a não ser gritar e rezar. Mas podemos e temos que fazer mais.

Salvar a Amazônia, bem como toda a natureza e o planeta, começa em nossas casas!

Não vale a pena reclamar, denunciar, gritar, chorar. Somos nós que estamos destruindo a floresta, os ecossistemas. Somos nós que estamos matando os animais em seus habitats.

Sentimos que não podemos fazer nada mas está em nossas mãos fazer tudo. Não é partilhando imagens da Amazônia destruída. Não é procurar razões, argumentos ou culpados.

Os culpados somos nós.

Porquê? Basta pensar no que fizemos pela natureza em nossas casas, em nossas vidas. Procurámos saber se por detrás de um produto está destruição florestal? Conservámos o que temos para não necessitarmos de mais? Nos preocupamos com a origem do que compramos?

Não somos todos que temos de salvar a Amazônia. É cada um. E quem diz a Amazônia diz a Terra, o planeta, a natureza. A nossa casa. Por isso vamos dizer “sou eu que vou salvar o planeta e começa hoje”. Não vamos ficar mais disparando em todas as direções porque acaba acertando em nós próprios.

A Amazônia precisa de nós

Amazônia precisa de nós

A Amazônia está queimando há já umas semanas com sucessivos aumentos de queimadas. A fumaça é tão intensa que se vê do espaço e até já escureceu São Paulo, como se tivesse ido pedir ajudar.

A Amazônia precisa de nós, de nossos pensamentos, de nossas atitudes. Temos de a recompensar por toda a beleza e pureza que ela oferece, defendendo-a sempre.

Boa noite, Amazônia.